Imprimir

Pele sensível Tratando a pele irritada

A pele pode ficar sensível por diversas razões e em qualquer momento da vida, desde a infância até a velhice.  Ela ocorre quando a função protetora de barreira da pele fica comprometida, fazendo com que ela fique suscetível a fatores externos irritantes, como bactérias, substâncias químicas, alérgenos, entre outros. Os sintomas podem aparecer na face, no corpo e no couro cabeludo e entre eles estão a vermelhidão, escamação e inchaço. Ela poderá coçar e incomodar durante o dia-a-dia, resultando em um desconforto físico intenso. Algumas pessoas apresentam predisposição a "surtos" desse problema, a pele sensível geralmente reage de forma imprevisível e pode aparecer em qualquer parte do corpo.

Compreender a importância das defesas naturais da pele e quais são os fatores que as enfraquecem, poderá ajudar a determinar cuidados específicos.  Dada a imprevisibilidade de uma pele sensível, na maioria dos casos, as soluções eficazes são as de prevenção, ao invés do tratamento.  O objetivo, portanto, é o de controlar e minimizar as causas e estímulos à condição da pele seca e sensível.


SINAIS & SINTOMAS

O QUE É A PELE SENSÍVEL E COMO RECONHECÊ-LA

Ilustração gráfica da pele e suas camadas
A camada córnea (estrato córneo) forma a camada superior da epiderme e protege o organismo contra as substâncias externas.
Mulher com os olhos fechados e sardas.
A pele saudável possui uma barreira protetora que retém a umidade e a protege contra as substâncias irritantes.

A pele possui uma barreira de proteção natural, que impede as bactérias e substâncias nocivas de entrarem no organismo, além de restringir a perda de água e prevenir a desidratação. Esses processos mantêm a pele saudável e hidratada, conservando a sua elasticidade e firmeza.

No entanto, fatores externos, como o clima, e internos, como o estresse, podem prejudicar esse processo, enfraquecendo as defesas naturais da pele e conferindo-lhe uma textura áspera e seca.  Estímulos externos podem agravar a situação, fazendo com que a pele apresente sinais de irritação e de inflamação.

Para identificar uma pele sensível, procure por:

  • Sinais visíveis, como o eritema (vermelhidão ou erupções), escamação, inchaço ou aspereza 
  • Sinais sensoriais, como coceira, sensação de estiramento, ardor ou formigamento

Ela pode ocorrer no rosto, lábios, mãos, corpo  e no  couro cabeludo. E também pode ser desencadeada por mudanças físicas, sejam elas temporárias, como a gravidez, ou contínuas, como o envelhecimento.  A pele sensível compartilha algumas semelhanças com a pele seca, mas nem sempre está relacionada com esse problema, nem os seus sintomas serão necessariamente atenuados por soluções de cuidados com a pele seca.

Se não tem certeza sobre qual tipo de pele você tem, o nosso teste de pele poderá ajudar. Este não um teste clínico, por isso, para um melhor diagnóstico, consulte o seu dermatologista.


CAUSAS & FATORES DESENCADEADORES

CAUSAS DA PELE SENSÍVEL - COMO AS DEFESAS NATURAIS DA PELE ENFRAQUECEM

Como a pele protege a si mesma

A camada mais externa da epiderme é a camada córnea (estrato córneo), que forma uma barreira protetora para o mundo externo. Ela impede a invasão de micro-organismos e de substâncias com potencial irritativo, como produtos químicos e outros com potencial para causar alergia. Ela também minimiza a perda de água transepidérmica (PATE), protegendo o organismo da desidratação.

Ilustração gráfica da camada córnea da pele.
A camada córnea, quando estável, trabalha em conjunto com o manto hidrolipídico intacto, protegendo tanto a penetração das substâncias nocivas quanto fazendo a regulação da perda de água transepidérmica.

A camada córnea se parece com uma parede feita de "tijolos" ou células da pele, as quais conferem estabilidade, e "argamassa", ou lípidos epidérmicos, que geram a permeabilidade e, ao mesmo tempo, uma coesão sólida. Na sua superfície, fica um manto ácido protetor, o manto hidrolipídico.  Essa emulsão de água (hidro) e gordura (lipo) possui um pH ligeiramente ácido de 5 e:

  • mantém a flora cutânea saudável e o processo de descamação da pele (ou escamação), parte essencial da sua renovação
  • neutraliza as substâncias alcalinas, como sabonetes e surfactantes convencionais.

As enzimas da pele ativam as suas próprias defesas naturais.  Elas são responsáveis ​​por manter as funções de barreira vitais que regulam o equilíbrio da umidade e estimulam a renovação da pele. Se a atividade enzimática for reduzida ou inibida, as defesas da pele enfraquecem, levando não só ao aumento da perda de água transepidérmica, mas também à penetração de substâncias irritantes.

Causas internas da pele sensível

Bebê enrolado em uma toalha.
Como a pele do bebê é mais fina, ela é mais sensível do que a do adulto.
Mulher de meia-idade estressada com uma mão na testa.
O estresse pode causar um desequilíbrio hormonal, reduzindo a eficácia da função de barreira da pele.

  • A pele do bebê é mais fina e sua função de barreira é mais limitada do que a de adultos, fazendo com que a pele do bebê seja mais sensível às influências químicas, físicas e microbianas. Leia mais sobre peles em diferentes idades.

  •  Por outro lado, conforme a pele envelhece, algumas substâncias essenciais à estrutura e ao funcionamento do filme hidrolipídico e da cobertura ácida protetora tornam-se escassas, levando a um desequilíbrio do pH e aumento da perda de água. O número de Aquaporinas na pele também sofre redução com a idade. As Aquaporinas são canais de distribuição de umidade da própria pele que a abastecem com água e glicerol necessários para que ela atue como uma barreira de proteção. Quando há uma redução das Aquaporinas, a função de barreira da pele pode ficar comprometida e ocorre um aumento na perda de água. Isto pode tornar a pele envelhecida mais propensa à sensibilidade.

  • Desequilíbrio hormonal, provocado por estresse ou acontecimentos específicos como gravidez, ciclo menstrual, puberdade ou menopausa. Pode reduzir a eficácia da função de barreira da pele.

  •  Algumas pessoas são mais propensas a sofrer com pele sensível e irritada. Este grupo inclui as pessoas com pele seca ou danificada,  com Dermatite Atópica, com acne e com condições de pele hipersensível, como a Rosácea, todas podem reagir aos fatores irritantes, como os perfumes e corantes. 

  • As intolerâncias não diagnosticadas ou não tratadas e as alergias alimentares, tais como ao glúten, laticínios, aditivos e ovos, podem resultar em inflamação e erupções da pele.

  • A desidratação, por excesso de transpiração ou falta de água, também pode secar a pele e colocá-la sob estresse.

As causas externas da pele sensível

  • As mudanças de estação, bem como as oscilações de temperatura, podem aumentar a sensibilidade da pele. No frio, as glândulas da pele reduzem a secreção de substâncias necessárias para a manutenção do manto ácido protetor, fazendo com que a pele seque.  O aquecimento central e o ar condicionado também têm esse efeito.  No calor, as glândulas da pele produzem mais suor, o qual evapora, deixando-a com uma sensação seca.

  • Um excesso no uso de sabonetes e detergentes com surfactantes convencionais podem causar danos significativos na superfície da pele, removendo os seus lipídios protetores e causando um desequilíbrio nos níveis do seu pH natural.

  • Alguns tratamentos médicos, como a radioterapia e certos medicamentos, podem temporariamente provocar uma pele sensível. 

    Leia mais sobre os fatores que influenciam a pele.

Mulher aplicando creme sobre a face.
Alguns sabonetes e produtos de cuidados com a pele danificam a sua superfície e desequilibram os níveis do pH.
Dois dedos segurando um tablet.
Alguns medicamentos podem deixar a pele mais sensível, embora isso seja geralmente temporário.

FATORES CONTRIBUINTES

COMO ALGUNS HÁBITOS DIÁRIOS PODEM PIORAR O RESSECAMENTO DA PELE

Um aumento na atenção com a higiene pessoal faz com que as pessoas fiquem mais propensas a tomar banhos com maior frequência, usando água muito quente e esfregando, o que resseca a pele. Isso pode resultar numa perda de fatores de hidratação naturais e lipídios na superfície da pele.  Soluções de limpeza, com surfactantes convencionais, limparão a pele, mas também a deixarão ressecada, se usado em excesso.
Lavar em excesso pode deixar a pele seca e torná-la mais sensível.

Um aumento na atenção com a higiene pessoal faz com que as pessoas fiquem mais propensas a tomar banhos com maior frequência, utilizando água muito quente e fazendo a limpeza da pele através de fricção (bucha vegetal,por exemplo), o que aumenta o ressecamento desta pele. Isso pode resultar numa perda de fatores de hidratação naturais e lipídios na superfície da pele.  Soluções de limpeza, com surfactantes convencionais, limparão a pele, mas também a deixarão ressecada, se utilizados em excesso.


SOLUÇÕES

O QUE VOCÊ PODE FAZER PARA CUIDAR DA PELE SENSÍVEL?

Mudar hábitos diários

Pequenas mudanças nos hábitos ao tomar banho podem ajudar a restaurar a barreira protetora da pele, como reduzir a temperatura da água, não gastar muito tempo no chuveiro ou banheira, usando tensoativos leves e óleos de banho e, por fim, secar a pele com leves toques.

Pesquisas mostram que um aumento do consumo de alimentos ricos em antioxidantes e vitamina C, com poucos carboidratos e gorduras saturadas, pode ajudar a pele ressecada e sensível recuperar-se e a voltar à sua condição saudável. Também é interessante verificar se você possui alergias ou intolerâncias alimentares. Consulte sempre seu médico, caso você considere que este pode ser o caso. Beber bastante água também faz-se importante, especialmente no caso de pessoas com mais idade.

O controle do estresse também desempenha o seu papel na redução da sensibilidade da pele.  Alguns dos métodos comprovados são: fazer exercícios regularmente e praticar técnicas de relaxamento.

Pode ser tentador agir para tratar a pele sensível apenas quando ela inflama. No entanto, se você estabelecer uma rotina adequada de cuidados com a pele e mantê-la hidratada, os sintomas da pele seca e sensível podem diminuir e até mesmo desaparecer. A rotina de cuidados pode ser distinta entre a pele do rosto e a pele do corpo.

  • Escolhendo uma solução para a limpeza diária
    Muitos produtos de limpeza são tão eficazes que limpam não só a sujeira da nossa pele, mas também o manto hidrolipídico que a protege. Para peles sensíveis e secas, é importante escolher uma solução de limpeza para o corpo que reforce a função de barreira e proteja-o contra a perda de umidade. O Eucerin PH5 Syndet Gel respeita e estabiliza a acidez natural da pele.
    Ao escolher um produto de cuidados para peles sensíveis, não basta apenas garantir que ele não tenha substâncias irritantes.  O produto deve funcionar ativamente abaixo da superfície da pele, estimulando os seus próprios processos de renovação e as defesas naturais.
    Para tanto, ele precisará incluir ingredientes ativos, como o dexpantenol e a glicerina, ambos de origem natural e que ajudam a pele a equilibrar os níveis de umidade.
    O produto ideal também deve restaurar o equilíbrio do PH natural da pele, a partir da inclusão de ingredientes específicos como o Citrato pH5 , por exemplo.

Mulher envolvida em uma toalha.
Dê leve toques na pele para secá-la após o banho, evitando gerar mais danos à sua barreira protetora.
Mulher aplicando creme sobre a face.
Preste atenção nos ingredientes ativos, como o dexpantenol e a glicerina, que agem abaixo da superfície da pele.

Em testes científicos, esses três ingredientes mostraram capacidade de ativar e proteger as enzimas da pele, ajudando a restabelecer a sua função de barreira natural e levando a uma melhor hidratação e resistência reforçada contra as substâncias irritantes.  Eles estão combinados na linha de produtos Eucerin Ph5 para peles sensíveis, que inclui as apresentações loção, gel de limpeza e sabonete em barra, para uso na pele do rosto e corpo.

Mulher aplicando creme nas mãos.
As mãos estão vulneráveis ​​ao ressecamento, pois tendem a ficar expostas e a serem lavadas com frequência.

  • Cuidando das suas mãos e rosto
    As mãos e o rosto são geralmente são geralmente as áreas do corpo mais expostas aos elementos externos e à lavagem frequente. Isso pode torná-los especialmente vulneráveis ​​ao ressecamento e até às rachaduras.  Produtos de cuidados com a pele podem ser usados o número de vezes que for necessário, para proteger e hidratar a pele danificada.  A linha Eucerin PH5 para peles sensíveis oferece opções de soluções de limpeza extremamente suaves, que mantêm a função natural de barreira da pele.

Da gravidez ao bebê recém-nascido

As alterações hormonais durante a gravidez podem tornar a pele sensível de repentinamente.  Óleos naturais suaves podem ajudar a reduzir a coceira e o aparecimento de estrias. Produtos de cuidados com a pele, que contenham vitamina E e óleos vegetais de alta qualidade, ricos em ácido linoléico, fortalecem a função natural de barreira da pele e melhoram a sua elasticidade.

Após a chegada do bebê, você pode perceber que a pele dele ou dela também é bastante sensível pois ainda não está completamente formada. 

TIPO DE PELE: ALIVIANDO A PELE RESSEADA E IRRITADA

Em alguns casos a pele sensível pode gerar muito desconforto e até mesmo dor, com sensação de ressecamento, de pele esticada e com presença de coceira. Quando isso acontece um banho com produtos a base de óleo pode fornecer um alívio imediato, iniciando o processo de hidratação desta pele irritada e fazendo com que ocorra uma redução dos desconfortos provocados pela pele seca e sensível.