Imprimir
Corpo de mulher sentada com braço na coxa

    Entendendo a pele em partes diferentes do corpo

    Mesmo sendo o maior órgão do corpo, a pele não é a mesma em todas as partes do corpo. A estrutura da pele e o modo como se comporta difere ligeiramente de acordo com sua localização no corpo.  Por isto, nem toda a pele deve receber o mesmo tratamento. Algumas áreas corporais como por exemplo, as mãos e o rosto, estão mais expostas que outras a fatores externos, como o sol e os produtos de limpeza. Um cuidado da pele inteligente deve refletir as distintas necessidades da pele através do corpo.

    COMO A PELE DIFERE ATRAVÉS DO CORPO

    A pele do rosto, cabeça, axilas, mãos e pés difere levemente da pele no resto de nossos corpos.

    Rosto

    O rosto é a parte mais notável do nosso corpo. O estado e a aparência da pele facial é um indicador chave da saúde total e também tem um papel significativo em nossa auto-estima. Os problemas com a pele facial e os sinais de envelhecimento são altamente visíveis no rosto e podem causar vergonha, afetando a confiança da pessoa. Como consumidores, queremos manter a pele facial em seu melhor estado e é por esta razão que o rosto é o foco de tanta pesquisa e tantos produtos para o cuidado da pele.

    Mulher no espelho
    A pele facial é particularmente fina e a parte mais visível do corpo.
    Rosto de mulher.
    Há quatro tipos de peles principais: normal, oleosa, seca e mista.

    Como toda a pele, a pele facial executa um papel importante como uma barreira contra o ambiente externo. Entretanto, ao contrário que a pele na maioria do nosso corpo, ela está quase sempre em contato direto com os elementos do sol tais como os raios UV. A pele facial é particularmente fina e sensível e por isto tão suscetível ao envelhecimento. Leia mais em envelhecimento da pele em geral.

    A pele ao redor dos olhos é ainda mais fina e delicada e necessita um cuidado apropriado. A epiderme (a camada externa de pele) tem normalmente 0.1mm de espessura. Ao redor dos olhos ela apresenta em torno de 0,05mm de espessura.

    A pele facial e o seu estado variam de pessoa a pessoa, mas os tipos principais de pele são quatro: normal, seca, oleosa e mista. Aprenda mais em tipos e condições de pele  e faça um teste de pele para ajudar a determinar qual é o seu tipo de pele.

    couro cabeludo

    A pele na cabeça, conhecida como couro cabeludo, é rica em vasos sanguíneos e contém mais folículos de cabelo e mais glândulas sebáceas do que em qualquer outra parte do corpo.

    As glândulas sebáceas estão sempre ligadas aos folículos de cabelo. Elas produzem uma secreção rica em gordura, conhecida como sebo, na superfície da pele que, junto com outros lipídios epidérmicos, formam a camada hidrolipídica que protege a superfície da pele e promove a produção de cabelo saudável. Leia mais em estrutura de pele.

    O cabelo saudável é um indicador de nossa saúde total e, como a pele facial, intimamente ligado a como nos sentimos sobre nós  mesmos. Por isso, o conceito de 'dia  de bom cabelo' e 'dia de cabelo ruim'. O cabelo que vemos em nossas cabeças é o eixo; abaixo da superfície da pele estão as raízes, encapsuladas pelos folículos pilosos. Estes folículos, compostos por tecido conjuntivo na camada dérmica da pele, nutrem o cabelo e contribuem para o seu crescimento.

    O número aumentado de folículos e glândulas no couro cabeludo, em conjunto com o fato de ter sua própria flora específica de pele, faz o couro cabeludo particularmente suscetível a certos distúrbios cutâneos.  É importante cuidar do couro cabeludo com suavidade específica para promover tanto a produção saudável de cabelo quanto saúde total e bem-estar.

    Mulher dormindo.
    A pele na nossa cabeça – chamada de couro cabeludo – tem mais folículos que qualquer outra parte do corpo.
    Mulher penteando cabelo longo.
    Cuidado específico e suave pode promover tanto a produção saudável de cabelo quanto saúde total e bem-estar.

    Axilas

    A pele das axilas é particularmente sensível devido ao roçar de pele contra pele, numa área bastante privada de luz e ar. A pele das axilas é também frequentemente submetida a diferentes tipos de depilação, além das substâncias químicas também presentes em desodorantes e antitranspirantes.

    Mas a pele debaixo dos braços geralmente está associada ao suor. Os seres humanos têm aproximadamente 1,6 a 4 milhões de glândulas sudoríparas no corpo inteiro, com a maior densidade debaixo dos braços, nas palmas das mãos e nas plantas dos pés.  Existem dois tipos de glândulas sudoríparas:

    • Glândulas écrinas: que são encontradas em todo o corpo.
    • Glândulas apócrinas: que se encontram concentradas nas axilas, área genital e seios.

    As glândulas apócrinas, ativadas durante a puberdade,  produzem um suor rico em proteínas que atraem as bactérias.

    Close up da axila
    A axila é a área do corpo mais suscetível ao crescimento de bactérias.

    As axilas são locais obscuros, úmidos onde as bactérias crescem com facilidade. O pH da maior parte da pele do corpo é de 5,5 aproximadamente. Forma uma camada naturalmente ácida, conhecida como manto ácido, que ajuda a protegê-lo contra bactérias. O pH da pele das axilas é 6,5. Esta redução significativa na acidez a torna mais suscetível ao crescimento de bactérias. À medida que as bactérias metabolizam (se degradam), elas produzem substâncias de odor forte.  Como a axila impede que estas substâncias se evaporem, elas podem ter um odor desagradável. Leia mais em suor.

    Mãos

    As mãos são ferramentas humanas e a sua pele é notavelmente diferente das demais partes do corpo. A pele nas palmas das mãos também é  completamente diferente do dorso das mesmas:

    A pele nas palmas e gemas dos dedos e polegares:

    • tem uma camada córnea espessa e robusta
    • é rica em tecido adiposo e conjuntivoé bem acolchoada com tecido insensível à pressão
    • não tem pelos e carece de glândulas sebáceas. 
    • tem alta densidade de glândulas sudoríparas                                  
    • tem escassez de fatores  hidratantes naturais (FHN)

    A pele no dorso das mãos:

    • possui pouco tecido adiposo
    • é especialmente delgada
    • tem somente alguns pelos finos

    A presença de poucos pelos ou sua ausência indica que o número de glândulas sebáceas é muito inferior ao de outras partes do corpo.

    Os folículos pilosos, a partir dos quais crescem os cabelos, são acompanhados por glândulas sebáceas e, portanto, são responsáveis pela a produção de sebo que fornece lipídios para a pele e algum de seus componentes fixadores da umidade. Assim, as mãos têm menos lipídios e menor capacidade de fixar a umidade do que outras partes do corpo.

    Palma da mão
    A pele nas palmas e gemas dos dedos e polegares é espessa e robusta.
    Dorso das mãos
    O dorso das mãos tem pouquíssimo tecido adiposo e é especialmente delgado.

    A pele das mãos também é menos capaz de estabilizar os poucos lipídios e componentes fixadores que possui. O pH das mãos é menos ácido que em muitas outras partes do corpo, de forma que seu manto ácido protetor  – a acidez natural que mantem a pele - fica comprometida.

    O fato da pele das palmas ser diferente da pele do dorso das mãos significa também que, a formação global da camada hidrolipídica (a emulsão de gordura e água que cobre a parte externa da pele), está debilitada. Como resultado, as nossas mãos são mais suscetíveis a desidratação e ressecam rapidamente quando sobrecarregadas.

    E as mãos trabalham pesado. Durante um dia de trabalho dentro de casa, escritório ou jardim, as mãos serão expostas a fatores externos capazes de alterar os lipídios. Enquanto o contato frequente com a água por si só pode ressecar a pele, as mãos também são regularmente submetidas a detergentes, solventes, mudanças de temperatura e tensão mecânica. Os sistemas de proteção e reparação naturais da pele recebem exigências excessivas, cujo resultado pode ser o dano da função de barreira cutânea.

    Duas mãos fechadas
    As mãos trabalham muito, são expostas a vários elementos externos e são suscetíveis a desidratação.

    Pés

    A pele nas solas dos pés contém células mais adiposas em sua camada mais interior (a subcutânea) do que na maioria das outras partes do corpo. Isto ocorre porque os pés necessitam de acolchoamento extra e absorção de choques. A cada passo eles suportam três vezes o peso do corpo humano e freqüentemente são submetidos a pressões manuais tais como o atrito de sapatos apertados ou inadequados, e intensas caminhadas ou corridas.

    Mão segurando o pé
    O atrito excessivo pode causar danos e causar ressecamento inclusive calos e calosidades.
    Sola dos pés
    Quando exposto a atrito e pressão prolongados a produção de calos aumenta.

    Apesar de seu recheio acolchoado extra, o atrito excessivo pode danificar a função de barreira da pele e causar ressecamento inclusive calos e calosidades. Os calos e calosidades são áreas da pele engrossadas que se formam nas solas e calcanhares e têm a forma arredondada. Eles pressionam as camadas mais profundas de pele e podem ser dolorosos.

    epiderme (a camada mais externa de pele) é mais grossa nos pés do que em outras partes do nosso corpo – normalmente ao redor de 0.1mm no total. Nas solas dos pés ela varia de 1 a 5mm . Quando a pele nos nossos pés é exposta ao atrito e pressão prolongados, a produção de calos aumenta e a epiderme torna-se grossa e dura, uma condição conhecida como hiperqueratose.

    COMO CUIDAR DA PELE DE PARTES DIFERENTES DO CORPO

    Devido ao fato de que a estrutura e a função da pele diferem segundo sua localização no corpo, as diversas áreas se beneficiam de uma abordagem personalizada para o cuidado da pele.

    Rosto

    Há três passos básicos  para o bom cuidado da pele: limpar, cuidar e proteger.

    Limpar

    Cuidado

    Proteger

    Mulher limpando o rosto.

    É importante limpar a sua pele suavemente e de forma completa, pela manhã e à noite. Dado que a pele produz sebo à noite enquanto se regenera, limpá-la a cada manhã assegura que  esteja pronta para proteção e cuidado. À noite, a limpeza retirará sujeira, suor, sebo, maquiagem e protetor solar e preparará sua pele para absorver os benefícios dos ingredientes ativos dos seus produtos de cuidados noturnos.

    Mulher aplicando creme na face

    Os produtos de cuidado executam dois papéis: eles tratam condições específicas, ao mesmo tempo em que hidratam e nutrem a pele.

    Mulher aplicando creme fotoprotetor na face

    A proteção solar é uma parte essencial de sua rotina matinal de cuidado da pele. Enquanto um pouco de sol é bom para pele e incentiva a produção saudável de Vitamina D, a exposição exagerada aos raios UV danifica a pele; é uma das causas importantes de envelhecimento precoce e pode levar a condições mais graves tal como câncer de pele. Proteção solar inteligente é uma parte vital na manutenção de uma pele saudável.

    É importante usar produtos formulados especificamente para seu tipo de pele e condição. Produtos que respeitem o pH natural da sua pele. Procure produtos de cuidados da pele que tenham sido testados dermatologicamente, e que comprovadamente sejam compatíveis com pele sensível. Eucerin oferece uma vasta linha de produtos de cuidados faciais adequados a todos os tipos de pele e condições.

    Para mais informações sobre como cuidar da pele do rosto, inclusive a pele delicada ao redor dos olhos, leia sobre a rotina diária para a pele facial. Clique aqui descobrir mais sobre tipos de pele e condições ou faça nosso teste de pele.

    Médico examina mulher
    O diagnóstico de um dermatologista pode ser aconselhável para determinar o seu tipo de pele e outros fatores.

    Se você está em dúvida quanto ao estado ou seu tipo de pele, que produtos seria melhor para você, o melhor é procurar um dermatologista para se aconselhar.

    Couro Cabeludo

    A pele do couro cabeludo é suscetível a irritação. É importante usar produtos suaves, especialmente formulados para o cuidado diário e tratamento de quaisquer condições.

    A escolha errada do xampu é um das principais causas  de sensibilidade do couro cabeludo. Detergentes e produtos agressivos podem remover o manto ácido do couro cabeludo, deixando-o suscetível ao ressecamento e irritação. Algumas pessoas também se queixam de ter sensibilidade ou couro cabeludo sensível após o tratamento de condições de pele tais como Dermatite atópica ou psoríase.

    Para estimular a saúde do cabelo e do couro cabeludo é aconselhável usar um xampu suave, com um pH próximo do da pele e escolher produtos para o cuidado capilar que foram testados e comprovadamente sejam compatíveis com  a pele sensível. Descubra mais sobre a linha de xampus suaves e eficazes de uso diário Eucerin em Eucerin DermoCapillaire.

    Mulher com xampu no cabelo.
    É importante escolher o xampu correto para evitar irritações do couro cabeludo.
    Mulher aplicando produto na cabeça.
    Existem vários produtos para tratar as principais queixas sobre o couro cabeludo.

    Quando aparecem irritações no couro cabeludo elas podem dar lugar a micro inflamações: inflamações leves que a própria pele tenta reparar por si só. São inflamações tão suaves que passam inadvertidas, mas que podem, caso submetidas a posterior irritação, desenvolver um processo. Existem vários dados de que as micro inflamações do couro cabeludo são responsáveis pelos quatro maiores transtornos do couro cabeludo:

    • couro cabeludo sensível
    • couro cabeludo seco e com coceira
    • caspa
    • fios debilitados e queda de cabelo

    Para saber mais sobre os sintomas e as causas desses problemas comuns ao couro cabeludo, leia couro cabeludo sensível, couro cabeludo seco e com coceira, caspa e  fios debilitados  e queda de cabelo . Eucerin oferece uma completa gama de tratamentos para o couro cabeludo.

    Axilas

    A maioria dos cuidado para as axilas é dedicado a limitar os efeitos negativos do suor. O suor, também conhecido como transpiração é uma maneira completamente natural e muito importante de regular o calor do corpo. Quando o cérebro detecta que a temperatura de corpo foi elevada acima de 37° C, ele envia sinais às glândulas sudoríparas para que liberem um líquido. Este líquido –  o suor – resfria a superfície da pele.

    Os sinais do ato de suar e o odor que pode resultar, muitas vezes torna-se incômodo e desagradável. Os principais tratamentos disponíveis são:

    • desodorantes
    • antitranspirantes

    Desodorantes
    Apesar de não influírem na quantidade de suor produzido,  os desodorantes contém substâncias que diminuem a reprodução de bactérias que produzem o odor (bacteriostases). Eles também podem incluir ingredientes que absorvem as substâncias formadoras de odor e reduzem o odor indesejável do corpo. Alguns também contêm aromas e perfumes para mascarar os odores desagradáveis do corpo.

    Antitranspirantes
    Eles contém substâncias ativas que reduzem a a quantidade de suor produzida, resultando em menor umidade e menos odor.

    Para casos extremos, conhecidos como hiperidroses, existem produtos medicinais compostos por antissépticos, desodorantes e um pH ácido que impede o crescimento de bactérias, combinando eficácia com compatibilidade cutânea.

    Mulher usa Eucerin 48 Desodorante Antitranspirante Roll-On
    Os desodorantes podem diminuir ou absorver as substâncias que formam o odor e assim reduzí-lo.
    Mulher usa Eucerin 72h Antitranspirante Intensive Pump-Spray
    Os antitranspirantes reduzem a quantidade de suor produzido para obter menos umidade e odor.

    Mãos

    A pele das mãos tem mais necessidade de reposição de lipídios do que a pele de outras partes do corpo. É  importante manter as mãos bem hidratadas, pois as mãos feridas, ressecadas e sensíveis têm uma tendência aumentada a desenvolver condições tal como dermatite de contato.

    Loção nas mãos
    Manter as mãos bem hidratadas pode reduzir a tendência para desenvolver condições indesejáveis.

     Deve-se evitar produtos de limpeza agressivos,  assim como lavá-las demasiadamente. Quando lavar suas mãos, use água morna em vez de quente para não ressecá-las.

    A pele das mãos se beneficiará com produtos de  limpeza e cuidado que:

    • sejam suaves, mas eficazes, tenham sido testados e sejam comprovadamente compatíveis com pele sesnível
    • reponham os lipídios perdidos
    • mantenham o pH natural da pele
    • promovam o  processo de regeneração
    • ofereçam proteção à exposição excessiva aos raios UV, nocivos que podem causar envelhecimento precoce

    pés

    70% dos problemas dos pés, inclusive o desenvolvimento de calos e calosidades, são causados por sapatos inadequados. Aros redutores de pressão, um creme suavizante, evitar calçados apertados, tudo isso ajudará, assim como o uso de produtos de limpeza suaves, mas eficazes e a aplicação de produtos  para os pés, específicos para tratar os problemas cutâneos desta área.

    Deve-se examinar regularmente  os pés. Rachaduras, coceira e umidade entre os dedos ou descamação da sola do pé podem ser um primeiro sinal de infecção por fungos. Se verificar um destes sintomas, consulte um dermatologista.

    Mulher aplicando loção no calcanhar.
    Calçados inadequados são a causa principal dos problemas dos pés.